15 dicas para se tornar um síndico de sucesso



Para ser um síndico de sucesso, além da grande responsabilidade, é necessário ter conhecimentos variados e, também, alguns requisitos e ferramentas adequadas. Acima de tudo, o síndico precisa saber lidar com pessoas e ter flexibilidade quanto ao atendimento de todos e de suas tarefas.


O cargo de síndico em condomínio é muito importante para o bom andamento da comunidade. É como se fosse o gerente de uma empresa que se dedica ao máximo, com todo seu potencial para obtenção de resultados sempre positivos.


Veja as dicas que preparamos para você ter sucesso como síndico:


1. Acompanhe as ações da administradora

Procure realizar pelo menos uma reunião ao mês com a administradora, para acertar os assuntos financeiros e acompanhar a gestão. É imprescindível para o bom trabalho de ambos que o contato seja frequente.


2. Divida as responsabilidades com o Conselho

Tente evitar o tanto quanto possível decisões pessoais. Mantenha sempre o Conselho informado sobre as contas, aquisições e outras ações administrativas. Convoque-o sempre que necessário para ajudar em decisões importantes.


3. Atenção especial às assembleias

Faça sempre uma pauta objetiva, com os assuntos a serem tratados por ordem de importância. Os assuntos menos relevantes, deixe para o final, e conduza o grupo para não perder tempo com temas que não estejam na pauta.


4. Cuide dos documentos

Aquisições de materiais ou pagamento a terceiros de serviços devem sempre serem pagos mediante nota fiscal. Observe a qualidade, as garantias e os documentos legais. Assim, a administradora presta contas baseadas em dados concretos.


5. Esteja preparado para emergências com um Fundo de Reserva

Faça sempre um fundo de reserva que, como o próprio nome diz, serve para gastos imprevistos, como alguma bomba que queime, um telhado que apresente vazamento ou uma instalação de algum aparelho de segurança. É muito importante esse fundo para não ter que fazer rateios extras para cobrir o caixa.


6. Não deixe tudo para novembro e dezembro

Procure dividir os gastos extras de final de ano, como o 13°, em parcelas rateadas durante o restante do ano para não onerar a folha de pagamento antes do Natal.


7. Crie regras sobre o acesso de terceiros ao condomínio

Um dos grandes problemas enfrentados nos condomínios é a entrada de estranhos. Não permita a entrada de entregadores de flores, pizzas, correspondências e outros. Os moradores devem comparecer à portaria para o recebimento de encomendas.


8. Tome decisões baseadas nas Leis Condominiais

As decisões do síndico devem ser tomadas sempre para o bem de todos. Isso requer comprometimento, respeito, e colaboração, observando e fazendo com que todos cumpram as regras internas constantes do Regulamento Interno.


9. Áreas de lazer bem cuidadas aumentam o bem-estar dos moradores

Mantenha as áreas comuns sempre limpas e perfumadas. Lazer em uma área bem iluminada e ornamentada com flores sempre é mais gostoso, além de melhorar a qualidade de vida. Um paisagista pode ajudar o síndico nessa empreitada.


10. Prepare a equipe para emergências

Tanto o síndico, quanto os funcionários (zeladores, porteiros, faxineiros, etc.) podem estar preparados para um atendimento de primeiros socorros, bastando para isso um treinamento especializado.


11. Foco na segurança é essencial

A proteção da área comum é item importante na segurança do condomínio. Certifique-se sempre do bom funcionamento de cercas elétricas e dos sensores de iluminação.


12. Comunique-se com os moradores constantemente

Não economize nos comunicados aos moradores. O objetivo é que eles também sempre observem as regras de segurança e se dirijam sempre ao zelador ou porteiro quando algo estranho for constatado.


13. Vistorie o condomínio com frequência

A permanente vistoria nas instalações e equipamentos deve fazer parte da rotina do síndico. Tanto nas instalações elétricas, quanto das hidráulicas devem estar sempre em ordem.


14. Um síndico de sucesso deve dar atenção aos detalhes

Atenção especial em apartamentos fechados, poços de elevadores, jardins, e outros lugares que possam acumular água.


15. Mantenha-se informado para economizar

Preste atenção e informe-se sobre tudo que possa resultar em economia para o condomínio. Por exemplo, o sistema de captação de água de chuvas. Ela poderá ser usada na rega de jardins, lavagem de áreas comuns, descarga dos vasos sanitários, etc.


Resumindo: um síndico terá sucesso em sua gestão, quanto maior for o ganho para o condomínio. Acompanhe sempre nossos artigos com informações pertinentes à vida condominial.


Fonte: Tudocondo